Mozilla lança serviço próprio de VPN

Mozilla VPN.png

 

A Mozilla, empresa/comunidade que desenvolve vários projectos de software open-source e mais conhecida pelo desenvolvimento do web-browser Firefox acaba de apresentar um novo produto, a Mozilla VPN, um serviço para garantir mais segurança e privacidade no acesso à Internet.

 

Os serviços de VPN (Virtual Private Network) têm ganho cada vez mais importância não só em ambiente empresarial mas também para os utilizadores individuais que pretendem ter uma maior segurança enquanto navegam na Internet e não estarem directamente expostos às várias ameaças enquanto o fazem.

 

Nesta primeira fase o serviço estará disponível em seis países (Canadá, E.U.A., Malásia, Nova Zelândia, Singapura e no Reino Unido) e terá uma mensalidade de US$5, estando já disponível para Android, iOS e Windows e numa fase posterior para Linux e MacOS.

 

A Mozilla anuncia que o serviço apresenta rápidas velocidades recorrendo ao protocolo WireGuard, contando com mais de 280 servidores em mais de 30 países e tendo como parceira a Mullvad com políticas de privacidade exigentes e sem registo na actividade de navegação.

 

[ Mozilla VPNMozilla Puts Its Trusted Stamp on VPN ]

 

Mozilla apresenta o Firefox 57 “Quantum”

Logo Firefox Quantum.png

 

A Mozilla acaba de apresentar a mais recente versão do seu web browser Firefox, a versão 57 "Quantum" que marca um ponto de viragem na história do Firefox permitindo-lhe assim afirmar-se como uma opção de excelência face à grande concorrência do Google Chrome.

 

A nova e esperada versão traz muitas novidades e alterações que vêm dar uma nova dinâmica ao Firefox como web browser, uma das novidades é uma nova interface e um logótipo mais moderno, mas é no seu desempenho que a nova versão Quantum promete cumprir e onde estará a maior diferença em relação a versões anteriores.

 

O consumo de memória foi também reduzido e a velocidade de navegação melhorada para que mesmo com múltiplas tabs e/ou janela abertas o Firefox corra em qualquer ambiente sem se tornar um peso pesado para o sistema operativo, o menu "Library" agrega agora os favoritos, os itens guardados no Pocket, os screenshots e os downloads, tudo no mesmo local para mais facilmente se encontrar sem ter de navegar entre várias opções.

 

Outras das principais alterações é nas extensões, os add-ons do Firefox tal como existiam deixam de funcionar nesta nova versão (aplicações Legacy) dando lugar às Web Extensions que permitem uma melhor integração e segurança na forma como funcionam com o web browser, uma lista das extensões já preparadas pode ser consultada em https://addons.mozilla.org/en-GB/firefox/search/?tag=firefox57.

 

Não desvalorizando o fantástico Google Chrome, o novo Mozilla Firefox é sem dúvida uma excelente opção a ter em conta, pelo que a sua instalação é totalmente recomendada, o download pode ser feito em https://www.mozilla.org/en-GB/firefox/, nada melhor do que experimentar para avaliar o desempenho e capacidade.

 

Introducing the New Firefox: Firefox Quantum ]

Firefox 54 “The Best Firefox Ever”

Mozilla Firefox RAM Comparison.png

 

A Mozilla acaba de lançar a mais recente versão do seu web browser, o Firefox 54, com algumas novidades interessantes e que promete dar um novo ânimo, algo necessário para fazer frente à concorrência e manter-se como um dos melhores navegadores para a Internet.

 

O Firefox foi o primeiro web browser a fazer frente ao Internet Explorer (IE) numa altura em que este dominava largamente, mas que ultimamente tinha perdido alguma expressão com o aparecimento do bem sucedido Google Chrome e até mesmo do crescimento do Safari da Apple, mas agora a Mozilla com esta nova versão e as seguintes irá introduzir argumentos para ganhar novamente quota num mercado extremamente competitivo.

 

Um dos problemas agora resolvido e que fez com que muitos utilizadores abandonassem a plataforma era o consumo excessivo de memória a par de correr apenas num processo o que o tornava pouco eficiente, bastando uma tab bloquear para que todas as outras fossem afectadas, no limite o próprio browser ficava inutilizado, a partir desta versão 54 o Firefox vai dividir as várias tabs por processos diferentes até um máximo de quatro (projecto "Electrolysis" ou E10S).

 

Ainda segundo a Mozilla o Firefox consome menos RAM que os seus adversário mais directos: Google Chrome e Safari em sistemas Windows, macOS e Linux, para conhecer todas as melhorias e novidades o melhor é consultar as release notes,  outro projecto que está a ser trabalhado e testado e que melhorará a performace é o Quantum que será incluído até ao final do ano no Firefox.

 

Se são utilizadores "fiéis e resistentes" do Firefox está na hora de actualizar para começar a tirar partido das novidades, se utilizam o Chrome ou Safari valerá a pena testar este novo Firefox, quer estejam em ambiente Windows, macOS, Linux e mesmo em Android.

 

E falando de web browsers fica o conselho, actualmente o tracking na navegação web está sempre presente pelo que a utilização de um filtro/bloqueador é fundamental para uma navegação tranquila, segura e sem uma demasiada invasão de privacidade, como por exemplo o AdBlock, o Ghostery, o Privacy Badger ou o uBlock / uBlock Origin.

 

The Best Firefox Ever ]